Vacinação no Brasil: Estudo projeta 78% da população adulta vacinada até o fim do ano com dados do MS

Vacinação no Brasil: Estudo projeta 78% da população adulta vacinada até o fim do ano com dados do MS

Relatório publicado pela Stone e Instituto Propague estima prazo para a imunização da população brasileira, discute a variação no ritmo de vacinação no Brasil e os impactos sobre as infecções.

Dados sobre a vacinação no Brasil sugerem que 78% da população adulta deve estar completamente imunizada até o fim deste ano. Este é um dos resultados da pesquisa publicada pelo time de Economic Research da Stone e o Instituto Propague.

“Nossa nova previsão indica que, caso se confirmem todas as entregas de vacinas previstas, o Brasil vacinará com a primeira dose 93% da população com mais de 18 anos em 27 de setembro. Esse percentual equivale a 70% da população total do país” explicam os autores do estudo.

A imunização completa será mais lenta devido ao intervalo de 12 semanas aplicado entre as doses das vacinas Pfizer e Astrazeneca, imunizantes mais utilizados atualmente no país. O relatório estima que 85% das pessoas vacinadas com uma dose retornem para o reforço da 2ª dose.

A imunização da população, além de imprescindível para o combate à pandemia da Covid-19, tem reflexos nos indicadores econômicos. Segundo a projeção do Banco Mundial, a velocidade da vacinação é o fator decisivo para definir a trajetória do PIB dos países em desenvolvimento em 2021.

No Brasil, o Instituto Fiscal Independente, do Senado Federal, estimou que cada mês de isolamento social tiraria 1 ponto percentual do crescimento do PIB em 2021, com efeitos sentidos mais fortemente pelo setor de serviços. Já na União Europeia, onde mais de 60% da população já recebeu pelo menos uma dose da vacina, a projeção de crescimento foi atualizada de 4,2% para 4,8%, segundo informações de Euronews.

| Confira a reportagem da CNN sobre o estudo: Pesquisa projeta imunização completa de 78% dos adultos | CNN 360º

Previsão de evolução da população vacinada

Gráfico: cenário base projeta vacinação no Brasil com 70% da população imunizada até o fim do ano

Fonte: Stone/Instituto Propague com dados do Ministério da Saúde.

Entrega de vacinas e comparecimento da população confirmam previsões mais otimistas

Segundo o estudo, há três fatores que influenciam a velocidade da vacinação no Brasil: a entrega de doses pelos laboratórios, a capacidade de distribuição das vacinas do Sistema Único de Saúde e, finalmente, o comparecimento da população aos locais de imunização.

Desde a primeira edição do estudo, lançada em maio de 2021, a entrega das vacinas esteve bem próxima do esperado. O comparecimento da população nos postos de vacinação também foi alto. Com isso, mais de 90% das pessoas acima de 60 anos já receberam pelo menos uma dose da vacina, como pode ser observado no gráfico abaixo.

Pirâmide etária do Brasil e vacinados

Pirâmide etária dos vacinados no Brasil: mais de 90% da pop. acima dos 60 anos já foi vacinada

Fonte: Stone/Instituto Propague com dados do Ministério da Saúde.

A análise, com base nos microdados do Ministério da Saúde, mostra que a imunização das faixas etárias acima de 60 anos já teve resultados para redução das internações.

Critérios do PNI influenciaram ritmo de vacinação no Brasil, segundo dados do MS

Na segunda edição do estudo, os dados mostraram que o ritmo da vacinação no Brasil caiu em maio.

Produtividade da vacinação por período

Gráfico: Vacinas entregues em maio demoraram mais para ser aplicadas na população

Fonte: Stone/Instituto Propague com dados do Ministério da Saúde.

A possível explicação para isso é a mudança, pelo Plano Nacional de Imunização, do critério de vacinação por faixa etária para pessoas com comorbidades e categorias ocupacionais de risco.

Com esses critérios, a dificuldade para comprovar o pertencimento a algum desses grupos e um possível sobredimensionamento da quantidade de pessoas vacináveis por esses dois critérios por parte do Ministério da Saúde explicam a queda na velocidade de aplicação das vacinas.

Com a retomada da vacinação pelo critério de idade, a expectativa é que o ritmo diário de vacinação suba novamente.

Confira aqui o relatório completo

Bem-vindo ao site do Instituto Propague. Para uma melhor experiência de navegação coletamos cookies. Ao continuar acessando este site você concorda com nossa Política de Privacidade.

Aceitar